Galeria

Ouro, o ativo ideal se o apocalipse na Europa vier

Esta galeria contém 1 imagem.

Ouro, o ativo ideal se o apocalipse na Europa vier FONTE :    SÃO PAULO – O ouro foi a aplicação financeira mais rentável do Brasil em três dos últimos quatro anos – a exceção foi 2009. Mesmo assim, investimentos … Continuar lendo

Galeria

Investimento em Ouro

Esta galeria contém 1 imagem.

SEJA PAGO PARA AJUDAR OUTRAS PESSOAS A FAZER POUPANÇA EM OURO!                                    -Enquanto você faz a sua. Imagine se você pudesse ter seu dinheiro dobrando de valor a cada ano, sem precisar se preocupar com perdas ou desvalorizações… Agora pare … Continuar lendo

tecnologiaedge

Cotação do Ouro

O ouro e o mercado

Parece que nada detém o crescimento do valor do ouro, mas esta é uma leitura simplista da realidade, veja:

Desde o início da crise americana e a consequente crise européia, os Estados Unidos, que detém a moeda internacional das transações mundiais, começou o maior processo de desvalorização do dólar jamais visto.

O governo Barack Obama está imprimindo 100 vezes mais papel que seu lastro pode suportar, é o que constatam os economistas internacionais. E com a desvalorização do dolar, o mundo segue atrás: Euro, Libra, Pesos, Real, tudo segue em fila indiana  rumo ao abismo.

Como todos os governos mundiais sabem disso, e sabem que inevitavelmente suas moedas locais também vão perder poder, o recurso para proteção contra dinheiro papel sem valor é apenas um: OURO.

Assim, começou a corrida atrás do pote dourado. A ordem dos governos foi: COMPRAR OURO.

Com esse apetite voraz, aos incautos parece que o preço do metal precioso disparou,  e esse é o engano. O preço do ouro não disparou,  é o papel moeda que está caindo.

Para você entender esse processo, precisamos voltar um pouco no tempo, algo como 1500 anos.

O cálculo foi feito por um economista brilhante de Harvard. Ele calculou quanto custava em ouro alguns artefatos da época medieval, incluindo uma túnica usada pelos homens que hoje equivaleria a  um terno, uma bota de couro que hoje equivaleria a um sapato, e uma boa carruagem puxada por dois belos cavalos.

O resultado do cálculo é incrível, segundo esse economista, o preço das “coisas” quando avaliado em quantidade de ouro necessária a compra é o mesmo com o passar dos séculos, e nesse caso, cinco séculos.

Uma carruagem boa, puxada por dois cavalos ( não  é a top da época, que era puxada por até 6 cavalos) nova ( podemos dizer zero quilômetro), custava o equivalente a 200 gramas de ouro, algo como R$ 20.000,00 o que equivale a um carro popular hoje.

Já uma bela túnica masculina, custava em ouro o equivalente a 3 gramas de ouro, algo como R$ 300,00 que é o equivalente a um terno bom o suficiente para ir trabalhar.

Como podemos ver nesse calculo, o valor do ouro e sua equivalência nas trocas comerciais por produtos, permanece atualizado com os séculos, o mesmo não podemos dizer do dinheiro.

Nem o império romano se salvou!

Roma, em termos imperiais, é o equivalente aos Estados Unidos, e mesmo a moeda de roma, ( alguém sabe qual é a moeda romana hoje?) não se salvou.

Este é o motivo que leva governos a estocar ouro em ameças mundiais, e se é bom para governos mundiais, deve ser bom também para você e para mim.

-Redação